Minha Conta

Empresa alemã SumUp chega ao Brasil com a proposta de inovar no setor de pagamento móvel

Companhia reúne experiência em 11 países, credibilidade de investidores e taxas competitivas 

São Paulo, 13 de novembrode 2013– A SumUp, empresa líder em mPOS (ponto de venda móvel) na Europa, anuncia o início de sua operação no Brasil sob o comando do executivo Igor Marchesini. A SumUp, que já opera com sucesso em 10 mercados Europeus e na Rússia, conta com investidores, como American Express, BBVA e Groupon.

A chegada da empresa coincide com a recente discussão sobre o uso do celular como meio de pagamento móvel – mercado que deve atingir 80 milhões de usuários no Brasil até 2018, segundo pesquisa da consultoria Frost & Sullivan.

Jan Deepen, cofundador da SumUp e Chefe de Expansão Internacional, comenta: "Entrar no mercado brasileiro acrescenta um novo capítulo em nossa história de crescimento. Atualmente, o Brasil conta com mais de 22 milhões de pequenas e médias empresas, além dos microeempredores. Ao oferecer uma maneira simples e acessível de aceitar pagamentos em cartão através do celular, a SumUp contribuirá para o crescimento desses negócios, estejam eles nas cidades ou em áreas rurais. Estamos particularmente entusiasmados de trazer nosso leitor de Chip com assinatura, uma solução segura e com preços bem competitivos”.

“Os produtos da SumUp estão alinhados com o momento econômico do Brasil e atendem perfeitamente as necessidades de profissionais autônomos e microempreendedores em geral, como pintor, técnico de computador, manicure e doceira”, afirma Igor Marchesini, executivo que, nos últimos meses, estruturou a subsidiária da empresa no país.

O primeiro produto da SumUp é um leitor de cartões de chip que, acoplado ao celular ou tablet, permite que esses profissionais aceitem as principais bandeiras de cartão de crédito, incluindo Visa, Mastercard, Amex e Elo. A opção de débito será oferecida ainda no primeiro semestre de 2014.

“Optamos por trazer para o Brasil nosso leitor de Chip, muito mais seguro e confiável do que os tradicionais leitores de tarja magnética”, comenta Marchesini.

O equipamento da SumUp será vendido a R$ 79,00. Como o leitor pertence ao usuário, a empresa não cobra aluguéis ou mensalidades, apenas um percentual do valor de cada transação. 

Inicialmente, a empresa disponibilizará três pacotes para o mercado brasileiro: o à vista tradicional, com taxa de 3,7% para que o cliente receba em até 30 dias; o à vista antecipado, com recebimento em cinco dias úteis e taxa de 4,7%; e o parcelado antecipado, com recebimento total em 5 dias úteis e parcelamento em até 6 vezes. Nesse caso, as taxas são de 6.7% para parcelamentos em até 3 vezes e de 8.7% para parcelamentos em 4, 5 ou 6 vezes.

Uma vantagem da SumUp é que, mesmo numa compra parcelada, a empresa adianta para o cliente o pagamento total. “Se uma vendedora faz uma venda de R$ 300,00 em três vezes, por exemplo, a SumUp paga o valor total em cinco dias”, destaca Marchesini, que conta com vasta experiência em estratégia empresarial, adquirida na consultoria Bain & Company, onde atuou por sete anos e atendeu clientes das áreas de tecnologia, varejo, mídia, entre outros.

Igor é formado em Engenharia Elétrica pela Universidade Federal da Bahia e tem um MBA pela Stanford Graduate School of Business (Califórnia-EUA), onde teve a oportunidade de vivenciar todo o ambiente de inovação do Vale do Silício.

Testemunhais de quem conhece a tecnologia

“Estamos contentes em ver a SumUp trazer sua expertise internacional para o mercado brasileiro, onde a aceitação do cartão ainda tem grande espaço para crescer, especialmente no segmento de PME (pequenas e médias empresas), empresas individuais e autônomos. A MasterCard acredita num futuro em que o papel-moeda terá uma participação cada vez menos relevante nas transações comerciais. A chegada da SumUp ao Brasil vai ao encontro da nossa visão”, afirma Horst Muller, Vice-presidente de Aceitação e Relações com o Varejo da MasterCard Brasil e Cone Sul.

Jose Vasquez-Mendez, Vice-presidente da American Express para a América Latina e Caribe, diz: "O lançamento do SumUp no Brasil vai ajudar a ampliar e transformar as oportunidades de comércio para os pequenos empreendedores, permitindo-lhes ampliar o seu negócio. As soluções de pagamento móvel da SumUp trazem comodidade e facilidade aos pequenos comerciantes, além de marcar a suave transição dos pagamentos em dinheiro para os cartões de crédito.

Como adquirir o equipamento

Os dispositivos da SumUp serão comercializados a partir do dia 13 de novembro pelo site (www.sumup.com.br). O pagamento pelo leitor no valor de R$ 79,00 pode ser feito com cartão de crédito. O equipamento será entregue em cinco dias úteis e a instalação é simples e intuitiva.

A inscrição pode ser realizada no site da empresa ou diretamente no aplicativo – que pode ser baixado gratuitamente na GooglePlay (Android) ou na AppleStore (iOS). Os pré-requisitos são:

  • Ter um celular ou tablet com sistema Android ou iOS

  • Ter mais de 18 anos e possuir CPF válido

  • Ter uma conta bancária (corrente ou poupança)

Passo a passo das transações

Após o download do aplicativo, o cliente da SumUP pode fazer transações em cinco passos simples:

  1. Abra o Aplicativo SumUp

  2. Digite o valor da transação

  3. Conecte o leitor e insira o cartão

  4. Solicite a assinatura do cliente na tela do celular

  5. Envie o comprovante via e-mail ou SMS

O valor da transação será automaticamente depositado na conta bancária do usuário, no prazo escolhido conforme o pacote contratado.

Diferenciais tecnológicos

Além da proximidade com o mercado nacional, a SumUp se destaca pela oferta de uma solução completa de pagamento móvel. A empresa possui um time próprio de engenheiros desenvolvendo toda a solução, inclusive os dispositivos. Isso garante que a solução esteja perfeitamente integrada, oferecendo uma melhor experiência ao usuário do começo ao fim.

“Somos proprietários de todas as fases do processo, o que nos permite oferecer uma solução mais fácil e segura”, complementa Igor.

Além da melhor experiência do usuário, a fabricação própria resulta em um dispositivo mais barato e em mais agilidade para modificar componentes e se adaptar às tendências do mercado.

O mercado local

Nos últimos 10 anos, pelo menos, o que se pode notar é uma vasta quantidade de estudos que tentam avaliar em quanto tempo a tecnologia de m-payment vencerá o papel e a caneta na hora de pagar contas. Dos 62% dos consumidores brasileiros que optavam por utilizar cheques como forma de pagamento em 1999, de acordo com o Banco Central, apenas 9% mantinham esse hábito em 2011. Já entre os adeptos dos cartões de crédito e débito, o número passou de 17% em 1999 para 42% em 2011. 

Se o pagamento com cartões mostrou um crescimento expressivo, o mobile payment chega com expectativas ainda maiores. De acordo com a consultoria Frost & Sulliban, o volume de transações globais deve crescer quatro vezes ao longo dos próximos cinco anos, ultrapassando US$ 1,3 trilhão, sendo R$ 20 milhões resultado das transações em solo brasileiro.

De olho nessas estimativas, a SumUp aposta que o Brasil se tornará em pouco tempo um de seus principais mercados, juntamente com a Alemanha, Inglaterra e Rússia. Para que isso seja possível, a empresa conta com um time local, conhecedor dos hábitos de consumo dos brasileiros.

“É importante que as empresas se adaptem aos costumes de cada país. Nossa preocupação foi trazer a tecnologia internacional para o mais perto possível dos hábitos brasileiros. Por isso adotamos, por exemplo, o parcelamento das compras aqui no Brasil”, explica Igor. 

Estudo publicado pela Bain & Company mostra que, entre 2009 e 2012, os pagamentos com celular responderam por R$ 2,69 a cada R$ 1 milhão gasto no país. Em 2012, o valor movimentado foi de R$ 97 milhões, contra R$ 23,3 milhões no ano anterior. Em relação ao número de transações, o avanço em 2012 chegou a 276%, com 20,7 milhões de transações, ante as 5,5 milhões em 2011.

Sobre SumUp

A SumUp é uma empresa europeia especializada em mPOS (ponto de venda móvel), que está revolucionando o mercado global de pagamentos. A partir da utilização de suas soluções, qualquer profissional autônomo (pintor, técnico de computador, manicure e doceira, por exemplo) pode aceitar cartões de crédito. O diferencial é que esse pagamento não utiliza as tradicionais ‘máquininhas’, mas sim smartphones ou tablets – tudo de forma simples, segura e econômica. 

Entre os diferenciais da SumUp está a política comercial. Ao contrário da prática atual de mercado, onde é necessário pagar o aluguel do aparelho, a empresa não cobra do usuário alugueis ou mensalidades, apenas um percentual do valor das transações, significando um grande benefício.

A empresa é certificada na Europa pela Europay, MasterCard e Visa (EMV), além de contar com a certificação PCI-DSS. Esse respaldo garante que os pagamentos sejam processados ​​de acordo com os mais elevados padrões de segurança.

Fundada em 2011 na Alemanha e na Irlanda, a empresa já está presente em 12 países e possui mais de 140 colaboradores ao redor do globo. Em 2013, American Express, BBVA e Groupon se tornaram investidores da SumUp, somando-se a um investimento inicial de “dois dígitos” de milhões de euros liderado pelos fundos europeus b-to-v partners, Shortcut Ventures e Tengelmann Ventures, além do investidor Klaus Hommels.

Website: www.sumup.com.br

Informações à Imprensa

DFREIRE Comunicação e Negócios

(11) 5505-8922 – www.dfreire.com.br

Débora Freire – debora@dfreire.com.br

Luciana Abritta – lucianaabritta@dfreire.com.br

Jose Luiz Chaves – joseluiz@dfreire.com.br

Carolina Cortez –carolina@dfreire.com.br